Saiba mais sobre o documento lançado pela Academia Brasileira de Ciências em defesa de Oceanos

A Academia Brasileira de Ciências (ABC), em documento lançado no dia 20 em conjunto com mais de 140 academias, ratifica a importância de proteger os oceanos como forma direta de preservar a própria vida no planeta. 

Nesse documento, a Academia Brasileira de Ciências deixou clara a importância do investimento na defesa dos oceanos, em apoio à Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável, declarada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o período de 2021 a 2030.

Entre as principais pautas do documento, é possível listar a criação de um instituto nacional como uma das principais recomendações. 

A ideia é que esse instituto coordene as atividades científicas relativas à pesquisa oceânica, de maneira a promover a cooperação internacional e subsidiar as políticas públicas sobre o oceano, visando o desenvolvimento científico e tecnológico do Brasil. 

A importância da criação de um instituto nacional em defesa dos oceanos

Para Luiz Drude, professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e coordenador do documento, é preciso criar uma grande instituição em pesquisa oceanográfica no Brasil, de modo a fazer a governança da rede oceanográfica, objetivando colocar o Brasil como uma das referências internacionais no assunto.

Seguindo a mesma linha, o presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Luiz Davidovich, afirma que o Brasil precisa fazer a sua parte no que se refere à proteção do mar que banha o litoral nacional. 

A ideia é, portanto, criar medidas contra atividades predatórias que reduzem a rica biodiversidade dos oceanos, visando evitar problemas ainda maiores. 

Por que preservar os oceanos é essencial?

Proteger os oceanos como um todo, não apenas as regiões costeiras do Brasil, é uma missão que deve ser realizada em conjunto,  com participação de todos nós, cada um fazendo sua parte.. 

Enquanto o papel de empresas, órgãos nacionais e internacionais e governos é investir em medidas mais sustentáveis e acabar com a exploração desenfreada dos oceanos, nós como população devemos investir em hábitos melhores no que se refere à preservação dos oceanos. 

É importante nos atentarmos aos hábitos no dia a dia que contribuem para a preservação dos oceanos, desde os mais simples como não jogar lixo no chão até os mais complexos, como ajudar a realizar limpeza de praias. 

Fato é que somente com uma medidas em massa de preservação dos oceanos poderemos fazer a diferença e mudar o destino do maior ecossistema do planeta, que aos poucos morre. 

Tenha em mente que os oceanos são fonte de alimentos para milhões de pessoas, regulam o clima, absorvem CO2 e fornecem boa parte do oxigênio mundial, razões estas mais que suficientes para investirmos na preservação dos oceanos, não é mesmo: 

Agora que sabemos mais sobre a importância dos oceanos e da criação de um instituto nacional em prol desse ecossistema, com certeza fica mais fácil entender como esse ecossistema deve ser preservado o quanto antes. 

Gostou do artigo? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima!

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin