Aquecimento dos oceanos: entenda as causas e consequências

Com o avanço do aquecimento global e das mudanças climáticas, um problema ambiental preocupa cada vez mais cientistas e pesquisadores do mundo todo: o aquecimento dos oceanos. Infelizmente, trata-se de um problema que está em processo avançado, que cada vez mais gera impactos negativos no ecossistema marinho e, claro, no planeta por inteiro.

Tenha em mente que o aquecimento dos oceanos é uma consequência direta do aquecimento global. Portanto, para evitar um final trágico, é preciso elaborar medidas que combatam esse problema ambiental o quanto antes. 

Para encontrarmos uma solução, é muito importante conhecer antes as causas e consequências do aquecimento global, de modo a também nos conscientizarmos acerca da importância de salvarmos os oceanos. 

Confira então as principais causas e consequências dos oceanos!

Causas dos aquecimento dos oceanos

Uma coisa é certa: o principal responsável pelo aquecimento dos oceanos é, claro, o aquecimento global, que, por sua vez, é causado por massivas emissões de gases que intensificam o efeito estufa. 

Por uma reação física simples, o aquecimento atmosférico transmite energia térmica para as águas, elevando sua temperatura. 

O aquecimento global é um fenômeno de vastas proporções, sendo produto da contínua emissão de gases estufa na atmosfera, cuja origem está ligada à queima de combustíveis fósseis, ao desmatamento, a processos industriais, ao desperdício de alimentos e outros fatores. 

Derretimento das geleiras

O aquecimento global está derretendo as geleiras de todo o planeta. Esse processo, além de aumentar o nível do mar e afetar a salinidade da água, também ajuda a aumentar as temperaturas dos oceanos. 

Aquecimento dos oceanos: entenda as causas e consequências

Isso porque, pela cor branca que possui, o mar congelado, sobretudo no ártico, é capaz de refletir a luz do sol, evitando uma maior absorção de calor. Essa refletividade faz com que a luz solar bata na superfície e volte para o espaço.

Com o processo de diminuição das calotas polares, a água do mar fica mais exposta e absorve o calor, em vez de refleti-lo se tivesse gelo. Esse processo retém cada vez mais ondas de calor, o que vai diminuir ainda mais o gelo, gerando mais aquecimento. 

Consequências do aquecimento dos oceanos

O aquecimento dos oceanos desencadeia uma série de efeitos secundários de grande impacto, como, por exemplo, o já citado aumento no nível do mar e as mudanças na salinidade da água. Contudo, não para por aí, uma vez que o aquecimento oceãnico também afeta a oxigenação e estratificação das massas de água, causando prejuízos à biodiversidade marinha. 

É importante ressaltar ainda que esse problema ambiental causa interferências nos padrões de ventos e chuvas, bem como a intensificação dos episódios de clima extremo, como os tufões. 

Pelo fato de essas mudanças atuarem em combinação, seus efeitos são potencializados, representando um grave desequilíbrio ecológico.

Para amenizar e, quem sabe, acabar com todos esses problemas, precisamos diminuir drasticamente a quantidade CO2 (o principal gás causador do efeito estufa) para pensar em controlar o aquecimento do planeta e, também, dos oceanos. 

Gostou do artigo sobre as causas e consequências do aquecimento dos oceanos? Então, acompanhe o artigo da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima! 

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin