Como a pesca comercial prejudica o meio ambiente

Saiba mais sobre os impactos causados pela pesca comercial no meio ambiente

A natureza, a cada dia que passa, é explorada e destruída por hábitos totalmente insustentáveis do ponto de vista ambiental. A pesca, inclusive, é uma dos métodos mais agressivos aos mais diversos ecossistemas e sua biodiversidade, sobretudo quando não é feita de maneira inteligente e responsável. Apesar dos fortes impactos que causa, pouco se sabe a respeito de como a pesca comercial prejudica o meio ambiente. 

Sim, infelizmente a pesca é, atualmente, responsável por parte da destruição que causamos no meio ambiente, como lagos, rios e oceanos. 

A natureza se sustenta através de um equilíbrio ecológico extremamente importante para sua manutenção, e a partir do momento que sistematicamente realizamos a pesca comercial sem responsabilidade, estamos comprometendo esse equilíbrio. 

Por esse motivo, ao longo deste artigo falaremos mais sobre os impactos da pesca comercial, de maneira a entender de que forma prejudica o meio ambiente. 

A pesca comercial ameaça inúmeras espécies de peixes e outros animais

Para termos ideia dos impactos causados pela pesca comercial, um estudo divulgado em 20019 estimou que entre 790 bilhões a 2,3 trilhões de peixes selvagens (sem contar os peixes de criadouros sustentáveis) foram capturados anualmente no período entre 2007-2016.  

Como a pesca comercial prejudica o meio ambiente

Essa quantidade gigantesca de peixes retirados da natureza, claro, impacta inúmeras espécies de peixes, que começam a desaparecer da natureza e veem sua diversidade ameaçada. 

Isso porque a pesca comercial, quando não é feita de maneira sustentável, acaba tirando mais indivíduos das águas do que a natureza consegue repor. 

Logo, há um déficit relacionado à taxa de animais que nascem e que são mortos pela indústria pesqueira.

Além disso, a pesca, sobretudo a de arrasto, acaba matando outras espécies, tanto de peixes como de outros animais, como crustáceos, mamíferos e muito mais. 

Destruição do ecossistema e habitat de inúmeras espécies

Outro impacto negativo causado pela pesca comercial é a destruição da biodiversidade e do habitat de diversas espécies. 

A pesca é muito invasiva e, por isso, prejudica o meio ambiente. Retirar uma grande quantidade de animais de um ecossistema acaba comprometendo o equilíbrio ambiental, afetando diretamente, por exemplo, a vida de animais que dependem de outros para sobreviver. 

Isto é, ao interferir na abundância de determinadas espécies e na predação natural, a pesca comercial modifica de maneira agressiva a cadeia trófica, fluxos de biomassa e energia do ecossistema.

A pesca ainda acaba com o habitat de muitas espécies, sobretudo quando se utiliza o método de arrasto, em que uma enorme rede é arrastada pelo solo, capturando e, claro, destruindo tudo no caminho, inclusive o habitat de muitas espécies. 

Ou seja, a pesca comercial está, sim, associada, à modificação e destruição da topografia dos habitats.

Como consequência desse tipo de pesca, cria-se um ecossistema infértil e sem vida, acabando, assim, com a vida marinha por completo. 

A pesca comercial prejudica o meio ambiente!

Lendo tudo o que foi dito, fica mais fácil compreender como a pesca comercial prejudica o meio ambiente. Portanto, torna-se claro porque é tão importante investir em métodos sustentáveis de pesca, de modo a evitar mais problemas relacionados aos hábitos de pesca nocivos. 

Gostou do artigo? Então, acompanhe nosso blog para mais novidades! Até a próxima.

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin