Conheça a iniciativa que pretende restaurar 18 milhões de quilômetros quadrados do oceano

O objetivo é que, em cinco anos, 18 milhões de quilômetros quadrados sejam restaurados nos oceanos como forma de preservar a vida marinha 

O oceano é o ecossistema mais importante e mais diverso do planeta, cobrindo 70% da superfície terrestre, algo em torno de 361 milhões de quilômetros quadrados. Apesar da importância que os oceanos têm para o mundo, estima-se que, na prática, menos de 3% desse território seja de fato protegido. Visando mudar esse panorama, uma iniciativa lançada recentemente visa proteger 5% dos oceanos nos próximos cinco anos. 

Apesar de parecer uma porcentagem pequena (5%), proteger 18 milhões de quilômetros quadrados representa preservar uma área maior do que todo o continente da América do Sul.

Trata-se, sim, de um meta ambiciosa, mas que, se for cumprida à risca, representará um grande respiro aos oceanos, que vêm sendo sistematicamente destruídos, explorados e poluídos. 

Conheça mais sobre a iniciativa da Blue Nature Alliance 

A missão de preservar 5% dos oceanos foi batizada de Blue Nature Alliance (Aliança da Natureza Azul). A iniciativa, liderada pelo M. Sanjayan, CEO da Conservation International, uma das várias organizações que estão liderando o programa, é um passo importante para a preservação daquele que é o maior ecossistema do planeta. 

De acordo com Sanjayan, “esse é provavelmente o maior esforço de conservação individual em termos de tamanho e velocidade”.

A colaboração entre diversas organizações em nome da Blue Nature Alliance (The Pew Charitable Trusts, Global Environment Facility, Minderoo Foundation e Rob and Melani Walton Foundation) já foi capaz de arrecadar U$ 125 milhões (R$ 700 milhões),valor este que será integralmente destinado a proteger a vida marinha das mais diversas ameaças, especialmente pesca e caça. 

Áreas que serão protegidas pela Blue Nature Alliance

A iniciativa tem como foco inicial preservar e intensificar seus esforços em sete localizações oceânicas ao redor da Antártica, Fiji, Canadá, as Seychelles, Palau, Oceano Índico Ocidental e Tristão da Cunha, uma ilha no sul do Oceano Atlântico. 

No total, todas essas áreas já correspondem a mais de 6,5 milhões de quilômetros quadrados, representando já um terço da meta geral.

Conheça a iniciativa que pretende restaurar 18 milhões de quilômetros quadrados do oceano
Imagem: CNN Brasil

A princípio, a conservação inicial dessas áreas terá como pilar o trabalho em conjunto  com as comunidades locais e líderes nacionais para estabelecer novas áreas marinhas protegidas (AMPs) e melhorar ainda mais a gestão dos locais protegidos já existentes.

A ideia é que em todas as áreas protegidas não haja pesca comercial em grande escala, tenha um plano de manejo, de monitoramento e a inclusão das comunidades locais. 

Por fim, saiba que esse trabalho da Blue Nature Alliance faz parte também dos esforços que visam contribuir para uma iniciativa de conservação global para proteger pelo menos 30% do oceano até 2030, um objetivo que será reiterado na Conferência das Nações Unidas Sobre Biodiversidade neste ano de 2021. 

Gostou do artigo? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima!

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin