Saiba mais sobre o aquecimento do oceano aumenta e seus impactos

A falta de hábitos e medidas sustentáveis vem impactando sistematicamente os oceanos. Como resultado, um processo extremamente perigoso vem acontecendo nas águas marítimas: o aquecimento.

O aquecimento dos oceanos é, hoje, uma realidade e está acontecendo neste exato momento em todo o planeta. 

Esse tipo de problema é oriundo de décadas de exploração do meio ambiente, sobretudo através da poluição dos oceanos e liberação de gases tóxicos, especialmente os responsáveis pelo efeito estufa, como o CO2. 

Atualmente, modelos climáticos preveem que os oceanos devem se aquecer ainda mais até o final do século, o que trará implicações diretas na amplitude das flutuações das chuvas tropicais. 

Ou seja, a expectativa é que a frequência de fenômenos extremos de precipitação irão aumentar.

As mudanças nos oceanos e o aumentos dos extremos das chuvas tropicais

Quando falamos em fenômenos climáticos, sem dúvida você já deve ter escutado a respeito de“El Niño e La Niña”.

O El Niño-Oscilação Sul (ENSO) consiste na variação anual mais energética da temperatura do oceano e da precipitação em nosso planeta. 

As oscilações irregulares entre as condições quentes e úmidas do “El Niño” e o estado frio e seco “La Niña” são capazes de influenciar as condições climáticas em toda a Terra, impactando diversos ecossistemas e influenciando a agricultura e economia de diferentes regiões. 

Entenda como o aquecimento do oceano pode aumentar os extremos das chuvas tropicais

Saiba, então, que alguns modelos climáticos preveem que a diferença entre as chuvas tropicais relacionadas ao “El Niño e La Niña” aumentará nos próximos 80 anos, e esse aumento está relacionado ao aquecimento dos oceanos. 

Um novo estudo revelou que a chave para a compreensão dessa mudança climática reside na relação entre a temperatura da superfície do oceano tropical e as chuvas. 

Dois principais aspectos são considerados para chegar a essa conclusão: o limite da temperatura da superfície do oceano para a ocorrência de chuva e a resposta da chuva à mudança da temperatura da superfície do oceano –  fenômeno este conhecido como sensibilidade à chuva.

Como o aquecimento dos oceanos aumenta as chuvas tropicais?

Nos trópicos, a maioria das chuvas fortes costuma estar relacionada às tempestades e nuvens profundas. Esse fenômeno só se forma quando a superfície do oceano está mais quente do que aproximadamente 27,5ºC ou 81ºF em nosso clima atual.

Logo, este limite de temperatura da superfície do oceano para chuvas tropicais intensas muda para um valor mais alto em um mundo mais quente. Portanto, não contribui diretamente para um aumento na variabilidade da chuva. 

Além disso, uma atmosfera mais quente pode reter mais umidade. O que isso ocasionaria? Simples, quando chover, as chuvas serão mais intensas.

Ou seja, o ar ascendente suga o ar úmido das regiões fora do equador,  podendo aumentar ainda mais a precipitação.

Podemos dizer então que este aumento na sensibilidade à chuva é a principal explicação do porquê haverá oscilações mais extremas e intensas nas chuvas em um mundo mais quente.

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin