Entenda como o uso de plásticos em embalagens da Amazon ameaça oceanos

Em relatório divulgado pela Oceana, organização não governamental dedicada à proteção dos oceanos, houve em 2020 um aumento significativo no uso de embalagens pela Amazon, empresa estadunidense que atua com e-commerce, principalmente. 

O estudo feito pela ONG afirma que a multinacional colocou em circulação 270 mil toneladas de plástico com seus produtos, tais como almofadas, envelopes revestidos de plástico e plástico bolha, por exemplo. 

Entenda mais o relatório divulgado pela Oceana

Segundo a Oceana, notou-se um aumento de 29% em relação a 2019, identificando, assim, um risco iminente aos oceanos, rios e mares. 

Isso porque, para a ONG, devido à circulação de toda essa quantidade de resíduos plásticos, 10,7 mil toneladas de embalagens descartadas podem ter chegado aos cursos d’água e oceanos. 

Maior iate do planeta será usado para retirar lixo plástico dos oceanos

Tal quantidade é alarmante e representa um perigo para o meio ambiente, uma vez que o plástico nos oceanos e em outros corpos d’água são inimigos que devem ser combatidos. O que se vê, na verdade, é um aumento desse tipo de resíduo em diversos ecossistemas.

Para termos ideia da gravidade, a quantidade de lixo que chega aos oceanos oriunda somente da Amazon representa uma van repleta de embalagens plásticas sendo retirada da água a cada 67 minutos, o ano todo. 

A resposta da Amazon

A gigante do e-commerce respondeu o relatório divulgado pela Oceana afirmando que os dados estavam superestimados em mais de 300%, ressaltando também o esforço que a empresa tem em reduzir o uso de plástico em suas operações. 

Os impactos do plástico nos oceanos

Os plásticos são resíduos bastante nocivos ao ecossistema marinho e toda sua biodiversidade. 

Afinal, estamos falando de um tipo de lixo que permanece na água por décadas e mais décadas, afetando a vida marinha desde sua chegada à água até seu processo de decomposição. 

Por exemplo, o plástico pode mutilar, matar e intoxicar diversas espécies marinhas, de peixes e mamíferos até aves e crustáceos. 

Ao entrar em decomposição, o plástico continua afetando a vida marinha, isso porque começa a liberar microplásticos, cujo tamanho não supera os 5 milímetros. 

Esses resíduos pequenos são ingeridos pelos animais e chegam a toda a cadeia alimentar, inclusive nós humanos. O consumo de microplástico pode gerar uma série de problemas de saúde, tanto nos animais como em nós humanos. 

Por conta de tudo isso, é extremamente importante diminuirmos a forma como despejamos plástico nos oceanos e outros corpos d’água, como rios e mares. Somente com essa consciência poderemos preservar o meio ambiente e garantir um futuro mais otimista. 

Gostou do artigo sobre o uso de plástico e sua ameaça aos oceanos? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima! 

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin