Entenda como os oceanos e rios podem gerar energia

Empresas usam oceanos e rios para gerar energia limpa e confiável

À medida que o planeta lida com as mudanças climáticas e a redução das emissões de combustíveis fósseis, algumas empresas estão se concentrando em uma nova fonte de energia, uma que é limpa, vasta e abundante: as correntes oceânicas e suas ondas gigantes.

A iniciativa é liderada por duas empresas globais que trabalham para aproveitar as correntes oceânicas de maneiras diferentes, mas com o objetivo em comum de tentar gerar energia limpa e confiável.

Conheça agora mais sobre as empresas como elas fazem para gerar energia por meio dos oceanos.

A turbina maremotriz

A Orbital Marine Power opera com a turbina maremotriz mais poderosa do mundo, ao largo da costa da Escócia.

Entenda como os oceanos e rios podem gerar energia

A turbina possui aproximadamente o tamanho de um avião de passageiros e seu visual é, inclusive, semelhante à aeronave, com sua plataforma central flutuando na água e duas asas estendendo-se para baixo em cada lado.

Nas extremidades de cada asa, cerca de 18 metros abaixo da superfície, estão grandes motores, que se movimentam de acordo com as ondas.

O funcionamento da turbina maremotriz se dá pela energia dos mares, que é semelhante à energia eólica, uma vez que ambas são energia cinética.

A diferença para a energia eólica é que as ondas são muito mais previsíveis do que os ventos, garantindo, assim, uma fonte de energia mais confiável e estável. 

A turbina Orbital em funcionamento está conectada à rede elétrica da Escócia, podendo produzir até dois megawatts, o que é suficiente para abastecer 2.000 casas por ano – segundo a Orbital Marine Power.

Turbinas da Verdant

A Verdant Power é a outra empresa que investe em um projeto capaz de gerar energia por meio dos oceanos e rios. 

Utilizando uma tecnologia semelhante a da Orbital Marine Power, a Verdant conta com turbinas instaladas no East River de Nova Iorque, nos EUA, ainda em um projeto embrionário, mas que já fornece eletricidade à rede. 

O diferencial das turbinas Verdant é que, em vez de flutuar perto da superfície, elas são montadas em uma estrutura que é rebaixada até o fundo do rio.

De acordo com o CEO da empresa, Trey Taylor, trata-se de uma espécie de turbina eólica subaquática capaz de gerar energia 24 horas por dia, 7 dias por semana. 

Afinal, o vento nem sempre sopra e o sol nem sempre brilha; as correntes fluviais, em contrapartida, dependendo do rio, podem fornecer energia o tempo todo, segundo o CEO da Verdant. 

Energia dos oceanos: o futuro para um planeta mais sustentável

Com a energia limpas dos oceanos, o planeta pode encontrar uma solução de médio/longo prazo importante, uma vez que há a possibilidade de deixarmos de lado, aos poucos, fontes de energia poucos sustentável, trocando-as por alternativas mais responsáveis, como é o caso da energia oriunda das correntes oceânicas e fluviais. 

O grande desafio, porém, é gerar eletricidade a partir das ondas do oceano de uma forma mais econômica, em que as pessoas estejam dispostas a pagar e que concorra com outras fontes de energia.

Gostou do artigo? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulhos para ler mais conteúdo como este. Até a próxima! 

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin