Conheça alguns dos mistérios dos oceanos mais famosos e que geram enormes dúvidas

Os oceanos são conhecidos pelo seu tamanho exorbitante, com mais de 361,9 milhões de km2 de área e 1,3 bilhão de km3 de volume. Trata-se de um ecossistema tão gigante que cobre 71% de todo o planeta. Por conta dessa vasta dimensão, naturalmente os oceanos escondem alguns mistérios. 

Para termos ideia do quanto os oceanos ainda são uma incógnita, alguns biólogos estimam que conhecemos somente 1% dos oceanos. Isto é, estamos falando de um ambiente ainda extremamente desconhecido – o que favorece o surgimento de alguns mistérios. 

Conheça, então, algumas curiosidades e mistérios relacionados aos oceanos que você provavelmente não conhece.

Triângulo das Bermudas 

Esse é, sem dúvida, um dos mistérios mais conhecidos, tendo sido pauta de filmes, séries e desenhos. 

Mistérios dos oceanos que você provavelmente não conhecia

Para quem não está familiarizado com o tema, saiba que o Triângulo das Bermudas é um clássico e é uma das maiores fontes de teorias da conspiração envolvendo os oceanos.

As histórias envolvendo essa região do oceano começaram há séculos, mais especificamente com Cristóvão Colombo, que afirmava que durante suas expedições a bússola apresentava um funcionamento ruim e anormal na região do Triângulo das Bermudas, bem como dizia que o local emitia luzes embaixo das águas.

Apesar desse antigo relato, o que levou o Triângulo das Bermudas a ganhar notoriedade e fama foi um acidente misterioso ocorrido em 1945, em que cinco aviões dos EUA sumiram, deixando inúmeras vítimas sem qualquer explicação. 

No que se refere ao meio científico, a teoria mais plausível é a presença de gás metano na região.Todavia, até hoje nada foi confirmado. 

O desaparecimento da tripulação do navio Kaz II

Navios somem, afundam e encalham sempre nos oceanos, contudo, o desaparecimento do navio Kaz II teve bastante repercussão. De acordo com as notícias divulgadas à época, a embarcação Kaz de 12 metros foi encontrada a 160 quilômetros da costa da Austrália, próximo à Grande Barreira de Corais, no dia 20 de abril de 2007.

O grande diferencial desse caso de desaparecimento de navio em específico é que o motor da embarcação se encontrava ligado e os pertences da tripulação estavam intactos quando a polícia encontrou o Kaz II. 

Além disso, não havia sinais de problemas, uma vez que até mesmo a mesa de jantar estava posta com comida nas panelas, pratos e talheres. 

Contudo, o que chocou a todos é que não havia qualquer sinal de tripulação a bordo.

A polícia trabalhou com quatro possibilidades, sendo elas:

  1. A tripulação toda caiu no mar após uma forte tempestade;
  2. Um dos tripulantes caiu na água. Os outros dois, ao tentarem o resgate, também teriam se afogado;
  3. Os três navegadores aproveitavam o mar calmo antes do jantar quando foram atacados por tubarões;
  4. Uma embarcação pirata chegou repentinamente e sequestrou os três tripulantes do Kaz II.

Para muitos, tratou-se de um caso de sequestro, mas o caso do desaparecimento da tripulação do KAZ II ficou como um mistério que nunca foi 100% desvendado.

Monstro de Stronsay

É difícil acreditar que monstros existem, não é mesmo? Entretanto, moradores da Ilha Stronsay, nordeste da Escócia, encontraram a carcaça de um animal não identificado em setembro de 1808. Tal criatura ficou era descrita  como “uma serpente marinha com cabeça de ovelha e olhos maiores do que os de uma foca, pelos que vão dos ombros até os limites da cauda e que brilham no escuro quando estão molhados”.

Além do surgimento dessa criatura, a região é conhecida por receber cadáveres de criaturas misteriosas marinhas, mas foi o animal conhecido como Monstro de Stronsay que ajudou a construir a cultura popular na região. 

Apesar de ser um mistério, a  explicação científica mais plausível é que essa criatura pode ter sido uma mistura de vários animais em decomposição.

Isso porque massas orgânicas desconhecidas, frutos de vários animais em decomposição,  são encontradas em margens de oceanos, rios e lagos, sendo chamadas de globsters. Logo, a teoria é que, antigamente, as pessoas faziam muitas conexões entre globsters e lendas de monstros.

Apesar de uma explicação plausível, a lenda do monstro de Stronsay será sempre um mistério dos oceanos. 

Gostou deste artigo com alguns dos mais conhecidos mistérios dos oceanos? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler conteúdo como este. Até a próxima!

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin