O aquecimento dos oceanos chegou em um ponto de não-retorno

Cientistas alertam que o aquecimento dos oceanos chegou a um ponto irreversível; entenda mais 

Uma pesquisa publicada na Plos Climate concluiu que o aquecimento dos oceanos chegou a um ponto sem retorno, em que não há como recuperar a temperatura das águas marinhas como era antes do início do aquecimento global. 

Esse novo normal nos oceanos preocupa os cientistas que conduziram a pesquisa, nesse caso, Kyle Van Houtan, da Duke University, em Durham, Carolina do Norte, e Kisei Tanaka, da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) dos EUA.

Entenda mais a pesquisa

A pesquisa revela que, em 2014, mais da metade da superfície global do oceano possui temperaturas consideradas extremas em comparação com dados históricos, pela primeira vez na história. 

O estudo mostra ainda que esse cenário está evoluindo rapidamente: em 2017, por exemplo, 60% dos oceanos registravam temperaturas extremas. Para efeito de comparação, esse percentual era de menos de um quinto no início do século passado.

Como o aquecimento dos oceanos acelera a crise climática

Os oceanos sofrem particularmente mais com o aquecimento global, devido ao fato de que mais de 90% do calor retido pelos gases de efeito estufa é absorvido pelas águas marinhas, que, por sua vez, desempenha um papel crítico na manutenção de um clima estável. 

Logo, quanto mais grave se torna o aquecimento global, mais os oceanos ficam sobrecarregados, culminando no aquecimento das águas. 

De acordo com Kyle, a mudança climática não é algo incerto e pode acontecer em um futuro distante. 

Alguns impactos já podem ser sentidos, inclusive, em alguns hotspots globais, as temperaturas extremas ocorrem 90% do tempo, afetando de maneira eficiente a vida selvagem. 

Outro dado impactante divulgado é que o número de ondas de calor que afetam os oceanos aumentou acentuadamente em 2019, matando faixas de vida marinha. Seria como se incêndios florestais destruíssem grandes áreas de floresta, o conceito é o mesmo. 

Impactos do aquecimento dos oceanos

O aquecimento dos oceanos causa uma série de impactos negativos, os quais geram outros problemas, criando uma bola de neve. 

Por exemplo, o aquecimento dos oceanos é responsável pelo derretimento das geleiras, que, como consequência, aumenta o nível do mar e afeta o pH da água, que por sua vez acaba afetando diversas espécies marinhas, comprometendo o equilíbrio ecológico. 

Infelizmente, o aquecimento global é um enorme gatilho para desencadear uma série de problemas, como o aquecimento dos oceanos e seus impactos. 

Gostou do artigo? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima! 

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin