Oceanos estão ameaçados por ‘neve’ de microplásticos: entenda mais

Saiba mais sobre o fenômeno da ‘neve’ de microplásticos e saiba como isso afeta os oceanos

A neve marinha existe há muito tempo, sendo um fenômeno natural no ecossistema dos oceanos desde que existe vida nas águas. Trata-se de uma espécie de chuva/garoa incessante de resíduos e seres mortos que vão descendo da superfície para as profundezas do mar.

A neve começa sob a forma de ciscos, que se agregam para formar flocos densos que vão gradualmente afundando, passando pelas bocas de seres necrófagos que vivem nas profundezas. 

Contudo, uma neve diferente está tomando conta dos oceanos, uma composta por microplásticos, um dos grandes vilões dos oceanos. 

Entenda mais sobre a neve de microplásticos nos oceanos

O termo “neve” pode sugerir algo branco e relacionado ao inverno, certo? Contudo, a neve marinha é diferente, mais marrom ou acinzentada, sendo composta principalmente de material morto.

Oceanos estão ameaçados por 'neve' de microplásticos: entenda mais

Os resíduos que compõem essa neve sempre contiveram as mesmas coisas: detritos de plantas e carcaças de animais, fezes, muco, poeira, micróbios e vírus, e eles sempre transportaram o carbono do oceano para ser armazenado no leito do mar.

No entanto, cada vez mais a neve marinha está sendo composta por microplásticos: fibras e fragmentos de poliamida, polietileno e polietileno tereftalato (PET). 

O que são microplásticos?

Os microplásticos são pequenos pedaços de resíduo plástico com medida inferior a 5 mm. Esses plásticos podem já apresentar esse tamanho ou atingi-lo por meio da degradação e decomposição. 

Portanto, a degradação de componentes plásticos é quem leva à formação de microplásticos, que contaminam o oceano e afetam toda a biodiversidade.

Impactos da neve de microplástico

Uma pesquisa recente concluiu que 99,8% do plástico que entrou no oceano desde 1950 afundou para abaixo das primeiras centenas de pés do oceano. 

Como resultado, cientistas encontraram 10 mil vezes mais microplásticos no leito do mar que em águas superficiais contaminadas.

O perigo do microplástico é que a neve marinha, um dos principais caminhos que ligam a superfície às profundezas, parece estar ajudando esse tipo de resíduo a afundar. Com isso, os solos no fundo do mar ficam cada vez mais cobertos por plásticos, o que, claro, prejudica a vida marinha como um todo. 

É verdade que diversos cientistas estão apenas começando a decifrar como esses materiais interferem nas redes alimentares do mar profundo e nos ciclos oceânicos naturais de carbono. Mas, fato é que consequências ruins estão por vir, seja a curto, médio ou longo prazo. 

Em suma, o plástico nos oceanos têm uma capacidade elevada de destruir a biodiversidade marinha. Por isso, é tão importante todos nós investirmos em soluções que amenizam essa situação. Caso contrário, eventualmente vamos destruir este que é o maior e mais importante ecossistema do mundo. 

Gostou do artigo sobre os microplásticos e a neve dos oceanos? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima!

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin