Organização cria robô para retirar lixo dos rios antes que chegue ao oceano

Conheça mais sobre o projeto que desenvolveu um robô para retirar lixo dos rios antes que possam poluir os oceanos

O lixo é, com certeza, um dos principais inimigos dos oceanos. Não à toa, por exemplo, se a produção de resíduos plásticos continuar no ritmo atual, estima-se que, até 2050, haverá mais plástico nos oceanos do que peixes. Para combater essa previsão, é preciso, primeiramente, evitar que mais lixo chegue às águas marinhas. 

Pensando nisso, uma organização se empenhou em criar um robô para retirar lixo dos rios antes mesmo que chegue ao oceano

A ONG holandesa The Ocean Cleanup desenvolveu o Interceptor 003, uma máquina de 24 metros de comprimento, feita de aço, que está flutuando no meio do Delta do Mekong, na cidade de Can Tho, no sul do Vietnã.

A tecnologia criada pela organização funciona 100% com energia solar, sem emitir quaisquer ruídos ou fumaças, podendo trabalhar 24 horas por dia, 7 dias por semana, retirando lixo dos rios sem parar. 

Entenda mais o projeto

O Interceptor levou aproximadamente quatro anos de pesquisa e testes para chegar em sua versão final. Apesar do tempo de criação, o mecanismo é relativamente simples, mas muito eficaz.

Como característica, o lixo é direcionado para uma abertura no centro da máquina, retirado da água por uma esteira e jogado em enormes containers. Quando os reservatórios atingem a capacidade máxima, eles são levados à margem do rio. Assim, o lixo é coletado e encaminhado para locais de gerenciamento de resíduos. Feito isso, o Interceptor volta para continuar o trabalho. Todo esse processo é monitorado por operadores através de smartphones.

O objetivo do equipamento é, portanto, quebrar o trajeto dos resíduos descartados de forma incorreta, evitando que eles cheguem até os oceanos.

Eficiência do equipamento

Em condições normais, o Interceptor pode chegar a coletar até 50 mil quilos de lixo todos os dias. A máquina foi projetada para o trabalho em larga escala. Não à toa, a organização se diz pronta para produzir em massa,  de modo a ajudar na limpeza de mais de 100 mil rios no mundo todo, especialmente 1.000 deles, que são os responsáveis por 80% de todo o plástico que chega aos oceanos.

Como meta, a Ocean Cleanup estipulou remover 90% dos resíduos plásticos que flutuam nos oceanos até 2040. Para isso, segue investindo em novos equipamentos, como o Interceptor 005, que já está sendo construído na Malásia e será implantado em breve na região.

Gostou do artigo sobre a criação de robôs para retirar lixo dos rios? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima! 

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin