Poluição dos oceanos: soluções para esse problema

Entenda quais são as soluções para a poluição dos oceanos

A poluição dos oceanos ganha, a cada ano que passa, proporções cada vez maiores, à medida que despejamos nas águas marinhas mais e mais resíduos dos mais diversos tipos. Quando se tem o conhecimento dos impactos e problemas causados pelo excesso de lixo no meio ambiente, algumas pessoas buscam soluções para esse problema ambiental, de modo a preservar a natureza. e, nesse caso, os oceanos 

Essa atitude leva a uma pergunta muito comum: afinal, qual a solução para a poluição dos oceanos?

A verdade é que não existe uma única solução para a poluição dos oceanos, uma vez que se trata de um problema de proporções gigantescas, presente em todo o mundo. 

Ou seja, as soluções, no plural, para a poluição dos oceanos se encontram em um amplo e inteligente conjunto de medidas, intervenções ambientais e mudanças de hábitos, os quais abordaremos a seguir. 

Reciclagem

A reciclagem é, talvez, uma das soluções mais imediatas para o problema da poluição dos oceanos. 

Poluição dos oceanos: soluções para esse problema

Isso porque a causa desse problema está ligada ao descarte de diferentes materiais nas águas oceânicas. Logo, se reciclarmos mais, menos materiais – exclusivamente os recicláveis – entram em contato com os oceanos. 

Por exemplo, estima-se que cerca de 8 milhões de toneladas de lixo plástico são lançadas nos oceanos anualmente. Então, se reciclarmos mais, menos resíduos chegam às águas. 

Essa é uma conta simples e básica, mas que é eficiente e funcional. Prova disso é que o Brasil é um dos países que menos recicla no mundo, com índice de reciclagem de 1,28%, bem abaixo da média global, que é de 9%.

Como resultado, o Brasil é também 4º país que mais produz plástico no mundo. 

Portanto, menos reciclagem equivale a mais lixo gerado, que eventualmente chega até os oceanos. 

Levando tudo isso em consideração, sem dúvida a reciclagem é uma das soluções para a poluição dos oceanos. 

Conscientização e mudança de hábitos

As pessoas em geral têm seu papel a cumprir para que haja uma diminuição efetiva na poluição dos oceanos. 

A conscientização e a mudança de hábito são dois dos pilares mais importantes para que seja possível preservar os oceanos, a fim de ajudá-lo em sua recuperação gradativa. 

Isso porque boa parte do lixo que chega aos oceanos é fruto da falta de conscientização, seja por jogar lixo na rua ou por consumir produtos e itens com elevado potencial de poluição, mesmo com opções melhores à disposição. 

Uma vez que há conscientização, há por consequência a mudança nos hábitos nocivos ao meio ambiente, nesse caso os oceanos. 

Vamos a outro exemplo. Os descartáveis estão entre os itens que mais poluem os oceanos. Portanto, parte da conscientização e da mudança de hábito está em diminuir o consumo desse tipo de material, optando por opções reutilizáveis. 

As garrafas d’água de plástico podem ser trocadas por garrafas reutilizáveis, cuja vida útil é muito maior. 

Pequenas medidas e mudanças de hábitos como essa são fruto da conscientização ambiental acerca dos oceanos. Portanto, trata-se de dois pilares fundamentais para diminuir a poluição dos oceanos, sendo considerados uma solução eficaz a longo prazo. 

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin