Entenda mais sobre como e por que o plástico acaba no mar

Atualmente, vivemos um momento em que as questões relacionadas ao meio ambiente são cada vez mais levadas em consideração no âmbito social, empresarial e da política. Naturalmente, à medida que buscamos soluções para os problemas ambientais, mais perguntas vêm à tona, como: por que o lixo plástico vai parar nos oceanos? 

Essa é uma pergunta recorrente, já que pode ser complicado entender como toneladas e mais toneladas de plástico vão parar nos oceanos. 

Tenha em mente que a resposta para essa pergunta pode ser ampla, com diversas diferentes respostas, já que os motivos são inúmeros. Por isso, neste artigo falaremos mais sobre as principais razões que levam o plástico para os oceanos.

Afinal, por que o lixo plástico vai parar nos oceanos?

O principal motivo que contribui para a chegada do plástico no oceano tem como pilar o descarte irregular. 

Para termos uma ideia, das 260 milhões de toneladas anuais de plástico que são jogadas no lixo no mundo todo, somente 12% desse montante é reaproveitado/reciclado, de acordo com a ONU.

Por que o lixo plástico vai parar nos oceanos?

Logo, o que acontece com os 88% restantes?

Bom, o plástico que não chega aos aterros sanitários e outros locais específicos, via de regra, vai parar em locais inapropriados, como ruas, parques, rios, praias e, principalmente, oceanos.

Naturalmente, o descarte direto nos oceanos é, de fato, um problema, mas não representa o único motivo para a chegada dos plásticos aos mares -apesar de ter um papel fundamental para a poluição desse ecossistema. 

Agora, o plástico que jogamos nas ruas, parques, rios e outros ambientes pode, sim, ter como destino os oceanos. Esse processo acontece de diferentes formas, as quais abordaremos a seguir. 

Enchentes, chuvas e rios

Quando as chuvas chegam, levam consigo boa parte do lixo que geramos. Em cidades litorâneas, uma simples garrafa plástica jogada na rua pode ser levada aos oceanos por conta da água das tempestades e dos ventos.

Agora, em cidades afastadas da praia, o lixo pode ser levado ao mar de outras formas, como através de rios. 

O plástico pode chegar aos rios de diferentes maneiras, como através das águas residuais, do vento, da chuva e das inundações

Sempre importante ressaltar que o plástico, principalmente os de apenas um uso, como sacolas, canudinhos, cotonetes e embalagens, entram mais facilmente na rede fluvial, contribuindo efetivamente para a poluição dos rios e, eventualmente, dos oceanos.

De acordo com a revista científica Nature, em todo o mundo, os rios, especialmente os maiores e mais poluídos, são meios determinantes para a chegada dos plásticos nos oceanos, sobretudo porque arrastam de 1,1 a 2,4 milhões de toneladas anuais de lixo plástico diretamente aos mares.

Então, o lixo que muitas pessoas inocentemente jogam de forma irregular nas cidades podem chegar aos rios, que levam eventualmente o resíduo até os mares.

Lixo nas praias

Com certeza o lixo que jogamos nas praias tem como destino as águas dos oceanos, sobretudo pela proximidade com o mar. 

Qualquer vento mais forte ou chuva prontamente irá levar o lixo que jogamos nos arredores dos oceanos para as águas do mar. Por isso, é imprescindível não deixar nada na areia da praia, pois o destino do plástico é certo. 

Tráfego marítimo

O tráfego marítimo contribui, e muito, para a poluição dos oceanos. Embarcações pesqueiras, de passeio, de turismo e comerciais despejam inúmeros tipos de resíduos nos oceanos, sobretudo o plástico.

O lixo despejado nos oceanos pelo tráfego marítimo muitas vezes não é intencional, contudo, uma boa parte é jogada intencionalmente. 

Entender por que o lixo plástico vai parar nos oceanos é fundamental para a conscientização

Agora que sabe como o lixo plástico acaba nos oceanos, fica mais fácil evitar que esse tipo de poluição aconteça. 

Portanto, jamais jogue lixo em locais inapropriados (sempre elimine os resíduos gerados em lixeiras e locais para reciclagem) e conscientize as pessoas ao seu redor sobre uma estilo de vida mais sustentável, que não prejudique os oceanos.

Para ler mais artigos como este, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho. Até a próxima!  

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin