Quais ações humanas contribuem para o aumento do efeito estufa?

Saiba quais são as ações humanas colaboram para o aumento exponencial do efeito estufa nos últimos anos

O efeito estufa é uma realidade que, infelizmente, veio para ficar. Trata-se de um problema cuja origem está ligada, claro, aos seres humanos e seus hábitos e tecnologias agressivas ao meio ambiente. Isto é, nós somos os responsáveis por esse problema mundial. Tendo isso em mente, você sabe quais ações humanas contribuem para o aumento no efeito estufa? 

Para entender por completo o efeito estufa, é preciso, antes de qualquer coisa, compreender sua causa e origem. 

Antes, porém, falaremos mais sobre o que é o efeito estufa. 

O que é o efeito estufa?

Basicamente, podemos dizer que o efeito estufa consiste no processo em que a radiação solar que atinge a atmosfera interage com os gases ali presentes. Nessa interação, os gases de efeito estufa (GEE) absorvem a radiação solar e passam a emitir de volta para a superfície terrestre radiação infravermelha, que nada mais é que calor. 

Portanto, o efeito estufa, como o nome já diz, torna o planeta mais abafado e quente. 

Quais ações humanas contribuem para o aumento do efeito estufa?

Inúmeras ações humanas contribuem para o aumento no efeito estufa, desde o simples ato de comprar um bife no açougue até ir ao trabalho com um veículo particular. Cada ser humano tem sua “pegada de carbono”, um cálculo para estimar as emissões de acordo com o estilo de vida de cada um. 

Contudo, essa pegada de carbono que todo ser humano tem é apenas a ponta do iceberg, uma vez que o principal culpado é o sistema onde estamos inseridos. 

Por exemplo, quem tem mais culpa: o consumidor que compra a carne ou o setor da agropecuária que destroi floresta nativa de forma ilegal para criar pasto para gado? 

Por isso, tendo como foco entender as principais causas desse problema, listaremos alguns dos problemas estruturais que mais colaboram com o efeito estufa. Confira! 

Emissões crescente de gases de efeito estufa

Os gases de efeito estufa que despejamos na atmosfera são os principais fatores que contribuem para o aumento desse problema. Apesar disso, a quantidade de gases poluentes que despejamos na atmosfera aumentou exponencialmente desde a revolução industrial. 

Para termos ideia, no século 18, período pré-industrial, a concentração era de 280 partes por milhão (ppm). Em abril de 2020, em contrapartida, a concentração média de CO2 na atmosfera chegou a 416,21 partes por milhão, a mais alta desde o início desse tipo de medição, em 1958.

Os principais gases do efeito estufa (GEEs) são o Dióxido de Carbono (CO2), o mais abundante, cuja emissão está ligada a diversas atividades humanas, como, por exemplo, a queima de combustíveis fósseis; e o Metano CH4, formado pela decomposição da matéria orgânica, sendo encontrado nos aterros sanitários, lixões e reservatórios de hidrelétrica. 

Além desses gases, que juntos correspondem a 70% dos GEEs, existem outros, como os clorofluorcarbonetos (CFCs) e o óxido nitroso, correspondendo a mais 18% de gases dentro dos GEEs.

Desmatamento

O desmatamento está entre os principais vilões, uma vez que, durante a fotossíntese, plantas e árvores absorvem CO2 e liberam oxigênio na atmosfera, processo este que ajuda a regular o clima do planeta. 

Quando a vegetação é derrubada, o carbono absorvido é liberado na atmosfera, aumentando, assim, as emissões de CO2.

Agropecuária

A agropecuária é, também, um fator que colabora com o aumento do efeito estufa. Isso porque, além da derrubada de florestas para a abertura de novas áreas agricultáveis, vacas e bois produzem metano durante a digestão. 

Sim, os arrotos e fezes dos animais são fontes de metano, que aprisiona até 30 vezes mais calor na atmosfera do que o CO2. Ou seja, quanto mais gado tivermos, mais metano será liberado. 

Poluição e exploração dos oceanos

O oceano é o maior e mais importante ecossistema do planeta. Muito disso se deve ao fato de que eles são responsáveis por absorver a maior parte do CO2 da atmosfera. 

Contudo, à medida que os oceanos são poluídos e explorados (através da pesca excessiva e extração de recursos naturais como petróleo), essa função começa a ficar comprometida, o que influencia no aquecimento global e aumento dos gases estufa na atmosfera. 

Agora que conhece quais ações humanas contribuem para o aumento do efeito estufa, com certeza fica clara a importância das medidas para amenizar esse problema antes que seja tarde demais. 

Gostou do artigo, então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima! 

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin