Quanto de lixo plástico se joga nos oceanos?

Saiba quanto de lixo plástico se joga nos oceanos

A poluição dos oceanos é uma pauta extremamente importante, uma vez que se trata de um dos ecossistemas mais vitais para a manutenção da vida na Terra. Por esse motivo, ter em mente quanto de lixo plástico se joga nos oceanos é fundamental para entender a importância da sua preservação. 

De antemão, saiba que os plásticos são os resíduos que são encontrados em maior quantidade nos oceanos, tanto o lixo visível quanto o invisível (microplástico), juntamente dos equipamentos de pesca descartados. 

Por ser algo relativamente difícil de precisar, é quase impossível saber a quantia exata de quanto lixo plástico é jogados nos oceanos. 

Contudo, existem estimativas aproximadas da quantidade de resíduos plásticos despejados anualmente nos oceanos. 

Afinal, quanto de lixo plástico se joga nos oceanos todos os anos?

Alguns estudos internacionais afirmam que, anualmente, cerca de 25 toneladas de plásticos são despejadas irregularmente nos oceanos. 

Quanto de lixo plástico se joga nos oceanos?

Em contrapartida, de acordo com a WWF (Fundo Mundial para a Natureza), cerca de 8 milhões de toneladas de plásticos entram no oceano todos os anos.

Apesar de ser uma quantidade que varia bastante, fato é que os plásticos são resíduos que causam inúmeros danos ao maior ecossistema do planeta, dizimando a vida marinha, bem como diminuindo a qualidade da vida na Terra como um todo. 

Isso porque os impactos causados pela destruição dos oceanos vai além das águas do mar, à medida que afetam, inclusive, a vida em terra firme. 

Impactos do lixo plástico nos oceanos para o planeta

O excesso de plástico nos oceanos causa sérios danos à vida na Terra como um todo. Isso porque os oceanos, conforme são poluídos e destruídos, acabam sendo alterados, culminando em diferentes impactos. 

Por exemplo, a poluição dos oceanos pelo plástico é capaz de acabar com a vida oceânica (fauna e flora), o que gera o inevitável aquecimento da temperatura da água, culminando, assim, no derretimento das geleiras. 

Uma vez derretidas, as geleiras aumentam os níveis da água, o que potencializa a ideia de que as cidades costeiras correm grande risco, podendo gerar um problema caótica para o mundo todo em médio/longo prazo. 

Além disso, os oceanos são um dos principais geradores de CO2, bem como regulam a temperatura do planeta. Logo, se os plásticos continuarem a serem despejados nos oceanos, eventualmente acabaremos com a capacidade desse ecossistema de realizar essas atividades.

Além dos impactos ambientais, existem ainda os impactos em nossa sociedade, principalmente sob o ponto de vista econômico e social. Afinal, sem os oceanos, milhões de pessoas que dependem dele para sobreviver e trabalhar ficarão sem seus sustento. 

Logo, o lixo plástico que se joga nos oceanos acaba criando um ciclo de problemas extremamente danoso à toda biodiversidade do planeta. 

Lixo nos oceanos: um problema extremamente grave

Agora que sabe o quanto de lixo plástico se joga nos oceanos e seus impactos, com certeza fica mais fácil compreender a importância da preservação dos oceanos. 

Leia mais no Blog da Mafia do Mergulho sobre a preservação dos oceanos e dicas para contribuir para a manutenção desse rico ecossistema. 

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin