Entenda a relação entre a tecnologia e a preservação dos oceanos; conheça um exemplo de como essa parceria pode ser importante

O problema da poluição dos oceanos é grave e vem afetando o mundo todo. Atualmente, está cada vez mais difícil encontrar soluções que possam evitar o colapso do maior ecossistema do planeta. Contudo, a situação pode melhorar, já que a tecnologia pode ser usada na preservação dos oceanos. 

É inegável que a tecnologia vem evoluindo e melhorando a cada dia. Então, nada melhor que aliar o avanço na tecnologia com a preservação deste q ue é o maior ecossistema do planeta. 

Razer usará inteligência artificial na limpeza dos oceanos

Saiba que a Razer, marca norte-americana de eletrônicos e acessórios gamers, anunciou há pouco tempo uma parceria com a startup de limpeza de resíduos marinhos ClearBot. A ideia é que a colaboração entre as empresas possa ser decisiva e importante na conservação dos oceanos. 

A ideia da parceria se deu por conta da dificuldade que diversas organizações que atuam na limpeza dos oceanos enfrentam, como, por exemplo, tecnologia extremamente ultrapassada, custos elevados e baixa eficiência. 

Além disso, outro fator que motivou o investimento da Razer se deve aos mais de 11 milhões de toneladas de plástico que chegam anualmente aos oceanos a cada ano.

A ideia da ClearBot é projetar robôs que utilizam inteligência artificial (IA) para identificar diferentes tipos de resíduos plásticos em alto mar, à medida em que coleta informações sobre esse tipo de lixo visando proteger a vida aquática de maneira mais eficiente. 

Os equipamentos desenvolvidos pela ClearBot são programados para recuperar os resíduos nos oceanos, a fim de que possam, posteriormente,  ser descartados de forma responsável.

Com o suporte da Razer, os engenheiros e designers da empresa ajudaram a idealizar e melhorar os equipamentos da ClearBot, criando um protótipo que possa ser produzido em escala, sendo comercializado em massa. 

Como resultado dessa união, tivemos a evolução do robô da ClearBot para um modelo muito mais inteligente e eficiente. 

Portanto, foi criado um item totalmente automatizado e equipado com recursos de ponta de IA e machine learning. Com essas novas características, o novo equipamento será capaz de detectar plásticos marinhos a até dois metros de distância, mesmo que esteja em águas agitadas. 

O robô foi otimizado ao ponto de ser capaz de coletar agora até 250 kg de plásticos em apenas um ciclo, e seu funcionamento se dá através da energia solar.

Devido à parceria entre Razer e ClearBot, os oceanos ganham um verdadeiro aliado na sua preservação. A expectativa é que, a médio/longo prazo, possamos ver um oceano cada vez mais saudável e menos poluído. 

Preservação dos oceanos e a tecnologia: uma relação de sucesso

Sem dúvida, a tecnologia veio também para ajudar o meio ambiente, em especial o oceano. Por isso, além dessa ação em conjunto com a ClearBot, com certeza  muitas outras podem surgir. O importante é unirmos todas as forças possíveis em prol da preservação dos oceanos. 

Gostou do artigo? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima! 

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin