Tipos de lixo encontrados nas praias: quais são eles?

Os tipos de lixo encontrados nas praias são os mais diversos possíveis. A cada 8 quilômetros de praia, existem pelo menos 200 mil bitucas de cigarro. E estas dividem espaço com 15 mil lacres, 150 mil fragmentos de plásticos, 7 mil palitos de sorvete e 19 mil hastes plásticas. 

Esses dados foram obtidos por uma pesquisa da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe). No entanto, há ainda muitos outros resíduos que fazem parte do cotidiano litorâneo. No post de hoje, iremos falar sobre os tipos de lixo encontrados nas praias.

Principais tipos de lixo encontrados nas praias

Em épocas do ano como o verão são inúmeros os tipos de lixo encontrados nas praias. Estes são deixados por banhistas, sendo carregados pelas ondas até o mar. Com isso acabam atingindo a vida marinha e prejudicando diversas espécies. Além disso, a praia se torna cada vez mais suja. 

Poucos deles notam o grande mal que estão causando ao meio ambiente. E, por consequência, à sua própria qualidade de vida. Afinal, todo esse lixo é refletido em diversos impactos à natureza. E que, uma hora ou outra, acabam voltando para nós seres humanos como forma de enormes prejuízos.

Em 2018, foi divulgado pela ONU Meio Ambiente os dez tipos de lixo encontrados nas praias. A instituição tem sido responsável por levantar o panorama do lixo nas praias do Brasil. Entre as ações que promove, está a conhecida #SemanaMaresLimpos. A seguir, separamos a listagem dos dez tipos de lixo mais frequentes nas areias das praias:

  1. Bitucas de cigarro
  2. Tampas de garrafas
  3. Canudos
  4. Garrafas plásticas
  5. Sacolas plásticas
  6. Embalagens plásticas
  7. Copos e pratos descartáveis
  8. Garrafas de vidro
  9. Isopor
  10. Talheres descartáveis
Tipos de lixo encontrados nas praias: quais são eles?

O plástico como o maior vilão das praias

Apesar de as bitucas de cigarro estarem em primeira posição, vemos uma constante neste ranking. E esta constante são os plásticos e seus derivados, como os descartáveis. Segundo o Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (IOUSP), mais de 95% dos tipos de lixo encontrados nas praias são feitos de plástico.

Entre as origens mais comuns deste lixo, o destaque está para a terrestre. Isso significa que há uma gestão negativa dos resíduos. E isso também reflete as atividades econômicas, que descartam seu lixo incorretamente. Dessa forma, muitas vezes vão parar em aterros e esgotos a céu aberto, que tem destino final nos mares e rios.

Os outros 20% dos tipos de lixo encontrados nas praias tem origem no próprio oceano. Sendo assim provém das atividades pesqueiras, da pesca submarina e do turismo, como os cruzeiros. Mas independentemente do lugar de onde vem, é impossível deixar de notar os diversos prejuízos que eles geram à vida humana.

Por isso, é de suma importância fazer a coleta adequada do lixo nas praias. Neste post da Máfia do Mergulho, você pode conferir como isso pode ser feito da melhor forma possível. Afinal, é essencial que nós nos preocupemos com a destinação de nosso próprio lixo. Assim, poderemos construir um consumo mais consciente.

Gostou de tudo o que leu até aqui? Então não deixe de nos contar o que achou em nossos comentários! Para continuar recebendo dicas e novidades sobre a preservação do meio ambiente, acompanhe os nossos posts feitos aqui no blog.

What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin