Saiba o que é a ‘zona morta’ encontrado no oceano; entenda como ela impacta o meio ambiente

As alterações climáticas causadas majoritariamente pelo aquecimento global e poluição dos oceanos preveem sérias mudanças no planeta a médio/longo prazo. Contudo, infelizmente já é possível identificar alguns problemas graves, como é o caso das ‘zonas mortas’ no oceano.

Inúmeros cientistas estão preocupados com o crescimento dessa zona de hipóxia (zona morta) que está localizada no oceano. O mais grave é que, com o passar dos anos, se espera um crescimento dessas regiões sem vida nos mares, como consequência direta, claro, das alterações climáticas.

Entenda mais sobre a descoberta da zona morta no oceano

A descoberta de uma zona de hipóxia particularmente grande, no Oceano Pacífico, é um tema que preocupa bastante cientistas e ativistas ambientais. Afinal, espera-se que essa zona morta possa ser apenas uma representação do futuro dos ecossistemas oceânicos, à medida que os efeitos e consequências das alterações climáticas deem continuidade. 

Comumente tratada como ‘zona morta’, essas regiões consistem em partes dos oceanos onde há uma clara diminuição dos níveis de oxigênio ao longo de uma determinada extensão de água, tornando-a inabitável para a biodiversidade marinha.

Em outras palavras, nessas partes dos oceanos não há quaisquer sinais de vida, somente água. Isso porque as espécies que habitam nessas extensões de água ou fugiram para regiões habitáveis ou, infelizmente, morreram.

Conheça mais sobre a zona morta encontrada no Oceano Pacífico

A zona morta descoberta está localizada perto de Oregon, possuindo cerca de 100 metros de largura. Apesar de não ser tão grande, estima-se que esse tamanho aumente aos poucos, de acordo com cientistas em entrevista ao The Washington Post.

‘Zona morta’ no oceano preocupa cientistas

Para a comunidade científica, a zona morta é uma clara resposta do planeta às mudanças climáticas no mar. Inclusive, há uma preocupação generalizada de que esses desastres subaquáticos se tornem cada vez mais comuns. 

Afinal, devido ao aquecimento global, é possível notar um aumento na temperatura das águas marinhas, e águas mais quentes dissolvem menos oxigênio e, consequentemente, os oceanos sofrerão com o constante aumento das temperaturas, podendo causar novos pontos de zona morta.

O grande problema é que, antes de ser uma área de hipóxia, a extensão de água da zona morta contava com várias espécies e vida marinha ativa, mas que, com a falta de oxigênio, sufocaram ou se mudaram para outras regiões. 

Isso, claro, pode afetar o equilíbrio ecológico, à medida que se mexe com diferentes espécies dentro de um ecossistema, gerando, assim, outros problemas consequentes. 

Percebe como é um ciclo de problemas graves para o ecossistema dos oceanos? 

Zona morta: um anúncio do que está por vir?

Com a identificação dessa zona morta no oceano, fica mais claro que os efeitos do aquecimento global e da poluição estão cada vez mais próximos. 

Resta nos unirmos para evitar o fim do planeta, focando em hábitos menos nocivos à natureza e cobrando de autoridades, empresas e governos medidas mais responsáveis do ponto de vista ambiental.

Gostou do artigo sobre a zona morta que surge no oceano e preocupa os cientistas? Então, acompanhe o blog da Máfia do Mergulho para ler mais conteúdo como este. Até a próxima! 

Como reduzir em 80% a poluição por plástico nos oceanos em 20 anos?
What's your reaction?
0Cool0Bad0Lol0Sad

Leave a comment

Bloomin
Bloomin